Use bem o tempo e faça a coisa certa

As equipes que usam bem o tempo conseguem alcançar suas metas. É possível trabalhar sem estresse, com inovação e qualidade de vida.

Segundo o livro “Liderança de Alta Performance”, o mau uso do tempo é um item que atrapalha bastante o desempenho das equipes.  

Segundo o autor, Christian Barbosa, o empregado gasta duas horas do dia de trabalho em… nada. 

Ele afirma isso baseado em uma pesquisa da AOL/Salary.com feita nos Estados Unidos, que calculou que um funcionário chega a gastar 2 horas por dia em pura perda de tempo. 

Mas por que isso? 

Os motivos mais comuns são má gestão e falta de capacidade técnica das equipes. 

Não é difícil imaginar o quanto custa este uso ineficaz de tempo. 

Nosso tempo é dividido em três possibilidades:

  • Importante: Atividades com tempo para serem feitas e que sempre geram resultados positivos, seja a curto, médio ou longo prazo. 
  • Urgente: Atividades onde o tempo é curto ou já acabou. Costumam trazer resultados pressionados ou estresse.
  • Circunstancial: Atividades desnecessárias, com tempo desperdiçado e resultado inexistente.

O livro é mais focado em gestão de empresas do que em restaurantes, mas muitas dicas sobre assunto produtividade valem pela reflexão.

Uma equipe com bons resultados teria o seguinte cenário: 

  • Maior parte das tarefas (acima de 55% do seu tempo) focadas na esfera do Importante.
  • Urgências sob controle.
  • Quase nada de Circunstancial. 

Profissionais focados nas tarefas importantes trabalham com mais motivação e trazem bons resultados para a empresa.

Depois de entender como a equipe usa o tempo, o papel do líder é fazer com que a equipe tenha foco no que é importante e evite os compromissos de última hora. 

Eliminá-los totalmente não é possível, mas existem maneiras de contornar essa situação. 

Para começar a reverter esse cenário, reúna a equipe e planeje as atividades futuras. Na sexta-feira faça uma reunião de 20 ou 30 minutos, no máximo, para prevenir as urgências e problemas na semana seguinte. 

Analisem juntos o que pode acontecer de última hora e as saídas para os problemas previstos. Distribua as atividades e faça um planejamento coletivo. Isso irá reduzir o percentual de urgências amplamente. 

Os líderes fazem a diferença

Se puder comparar uma “equipe ruim” e uma “equipe fantástica”, o líder é a primeira ponta. 

  • Líderes negligentes não fazem a coisa acontecer.
  • Líderes urgentes matam a produtividade da equipe.
  • Líderes egocêntricos matam o propósito do time.

E, por outro lado, líderes que ajudam e estão lado a lado com sua equipe dão empowerment, estabelecem modelos de comunicação, definem prioridades claras e dão o poder de decisão ao time. Isso faz a coisa acontecer. 

O líder não precisa saber nem resolver tudo, ele precisa dar espaço para a equipe e com isso utilizar o potencial do grupo.

A comunicação é aberta

Esse é um dos pontos mais difíceis e também mais interessantes das equipes de alta produtividade. Quando a comunicação é aberta, direta, honesta e objetiva a coisa funciona. 

Equipes onde a comunicação apresenta barreiras, onde tudo se resolve por e-mail ou com reuniões e conversas com o líder exige um “protocolo”, sem dúvidas o resultado será a produtividade truncada.

A vida é composta por uma série de métodos, que vão desde o modelo para escovar os dentes até o método que você tem para priorizar suas atividades. 

É muito provável que você e sua equipe não tenham tempo por estarem aplicando um método errado ou empírico. Infelizmente não aprendemos na escola ou na universidade a administrar nosso tempo, mas hoje essa ciência precisa estar presente na formação extracurricular de qualquer líder. 

Muitas pessoas confundem método com rigidez, inflexibilidade e regras, mas é totalmente o oposto. O método precisa ajudar você a ganhar flexibilidade e espontaneidade para viver o importante da vida. Busque um método que se adapte ao seu estilo, aprenda, estude, aplique e compartilhe o conhecimento com sua equipe.

Esses passos não garantem o sucesso da empresa, mas com certeza vão ajudar, e muito, a fazer as coisas certas do jeito certo. Não pule etapas quando o assunto for empresas mais produtivas.

É essencial para as organizações do mercado contemporâneo que aprendam a usar o tempo com sabedoria e fazer a empresa dar saltos de produtividade para que as metas saiam do lugar. São necessárias doses de trabalho sem estresse, mas com inovação e qualidade de vida.

Então, que tal colocar as dicas em práticas e começar hoje mesmo a construir uma liderança de alta performance, refletindo diretamente nos resultados da sua equipe?

Liderança de Alta Performance Estratégias práticas para melhorar a gestão e elevar a performance da sua equipe

ebook-lideranca-de-alta-performance